Noticias

30/11/-0001 - Agricultores urbanos e periurbanos ganham assistência técnica

Apresentar o programa de agricultura urbana e periurbana na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), esse foi o objetivo do seminário realizado durante o dia 18/10, no auditório do Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário. Na oportunidade representantes dos cinco municípios beneficiados pelo programa sendo Fortaleza, Maracanaú, Caucaia, Horizonte e Pacajus estavam presentes. Serão beneficiadas 600 famílias, um investimento do Governo Federal com uma contra partida do Governo do Estado.

O presidente do Instituto Agropolos Celso Crisóstomo falou em nome da instituição que executará os serviços de assistência técnica das famílias “Em um projeto como este, encontraremos muita gente que saiu do campo e veio para a capital e que sente falta das suas atividades campesinas, de plantar e colher. Nesse projeto que nós do Agropolos executaremos nós queremos ver os vários quintais e hortas produzindo e gerando renda para essas 600 famílias que serão atendidas”, disse.

De acordo com a coordenadora de Desenvolvimento Territorial e Combate à Pobreza Rural Graça Duarte, o projeto tem como foco a produção de alimentos orgânicos, visando à segurança alimentar e nutricional e a comercialização em feiras populares. “Nós queremos que as famílias de baixa renda tenham uma opção para terem trabalho e renda com uma produção de alimentos saudáveis para serem comercializados”, afirmou.

O Secretário do Desenvolvimento Agrário Nelson Martins explicou que com o projeto será garantido capacitação e estrutura para que as famílias possam produzir através da agroecologia, produtos que poderão ser comprados pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e pelo Programa de Alimentação Escolar (PNAE). “As famílias terão capacitação na produção e comercialização de alimentos que vão garantir renda”, afirmou.

Posteriormente as falas da mesa de abertura foi a vez de Hermínio Lima técnico da SDA fazer uma palestra explicando o que é o projeto agricultura urbana e periurbana, como será acessado e quem é o público beneficiado. Foram debatidos ainda temas como segurança alimentar e nutricional e iniciativas para incentivar a produção agrícola na Região Metropolitana de Fortaleza.

Participaram da mesa de abertura o secretário adjunto da SDA Antônio Rodrigues de Amorim; a professora da Universidade Federal do Ceará e  Conselheira do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) Helena Selma; Fernando Carvalho secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Comentar