Noticias

21/01/2019 - IACe facilita interação cultural entre povos indígenas em Itapipoca

Com a finalidade de facilitar interação cultural entre povos indígenas, os técnicos do Instituto Agropolos do Ceará (IACe) Regional Canindé, André Pinto e José Freitas, coordenados por  Felipe Sindeaux, viabilizaram a participação da Associação de Mulheres Indígenas Pitaguary na X Festa do Murici e do Batiputá na Terra Indígena Tremembé da Barra do Mundaú, situada em Itapipoca, que aconteceu do dia 8 ao dia 12 de janeiro.

 

 

Durante a iniciativa, que reuniu representantes da aldeia Horto com a Associação de Mulheres Indígenas Pitaguary, os grupos fizeram caminhadas na mata que possibilitou intercâmbio de conhecimentos etnobotânicos sobre plantas frutíferas e ervas medicinais. Além disso, foram realizadas manifestações culturais com rituais de torém (dança ancestral da população indígena Tremembé), pinturas corporais e a bênção nas águas do rio sagrado.

O evento também possibilitou, ao grupo Pitaguary, a comercialização do artesanato produzido a partir de oficinas conduzidas pelo técnico do IACe André Pinto, ação que corresponde ao trabalho de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) realizado via Projeto São José III (PSJIII), oriundo da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA).

Para André, viabilizar a participação da associação na Festa do Murici e do Batiputá é fundamental porque fortalece a identidade cultural. “Participamos de reisado, jogos indígenas, apresentações artísticas tremembé, trilhas guiadas e coleta das frutas murici e batiputá, momentos singulares e fundamentais para incentivar a tradição indígena em ambas as comunidades. Além de contribuir com o desenvolvimento econômico e sustentável dessas associações, também trabalhamos no fortalecimento cultural”, completou.

ASCOM Instituto Agropolos do Ceará. 

Comentar